domingo, 26 de fevereiro de 2012

Capítulo 34 - Quase lá.

Oi amorês. Não deu para postar ontem, mas vim hoje. Espero que gostem do capítulo e comentem bastante. Estamos na reta final da fic, já tá quase acabando. Pretendo terminá-la até o final da semana que vem. Bjos e amo vocês.

                 Adivinha quem vai ser pai?


Uma nova fase começava na vida de todos os Hudgens-Efron. Zac e Vanessa precisavam desse tempo e serviria para esclarecer algumas coisas e até mesmo para aproximar mais os filhos um do outro.

Já havia se passado alguns dias desde que eles tinha dado um tempo. Zac havia deixado a filha no colégio, e alguns paparazzi de plantão perguntaram sobre a "separação" do casal mais quente de Hollywood.

Pensamento de Zac:é incrível como as notícias correm rápido por aqui.

Zac foi para a empresa e assim que chegou encontrou Beatrice.

Zac:bom dia, Beatrice.

Beatrice:bom dia, Sr. Efron.

Zac:o que temos para hoje?

Beatrice:agora ás 9 hs o Sr. tem uma reunião com os fornecedores, e ás 14 hs uma outra reunião com os italianos.

Zac:ok.

Zac foi para sua sala e começou a analisar alguns contratos. David havia ficado sabendo do tempo que o filho e a nora estavam dando, e não gostou muito da notícia.

David:Beatrice, o Zac está na sala dele?-perguntou sério.

Beatrice:está sim.

David:eu vou falar com ele e não quero que ninguém nos interrompa.

Beatrice:tudo bem Sr.

David foi em direção a sala de Zac, os funcionários como sempre ficaram só de butuca.

Toc, toc...

Zac:pode entrar.

David:bom dia.-disse sério.

Zac:bom dia, pai.

David fechou a porta e foi sentar.

David:que história é essa de que você e a Vanessa estão dando um tempo?

Zac:quem te falou isso?

David:tenho meus contatos. Mas e ai?É verdade?

Zac:é verdade sim.-disse cabisbaixo.

David:será que posso saber o por quê?

Zac:já faz alguns meses que eu e a Vanessa não estavamos nos entendendo. Brigavamos quase ou praticamente todos os dias, estava de um jeito que se continuassemos daquela forma, iamos acabar com uma separação definitiva.

David:Nossa. Bem que sua mãe me falou que estava achando vocês dois estranhos nesses últimos meses.

Zac:pois é. E nós sabemos que as crianças estavam sofrendo com aquilo e resolvemos nos dar esse tempo. Vai ser bom para a gente e para as crianças também.

David:se vocês acham que vai ser melhor assim, quem sou eu para discordar?-sorriu.-Só tomem cuidado para não se deixarem acomodar, ok?

Zac:pode deixar.-sorriu.-Isso não vai acontecer. Vamos para a reunião?

David:vamos.-disse levantando.

Zac e David seguiram para a reunião com os fornecedores, e quando deu 11:30hs, Manuella chegou na empresa.

Manu:oi, Bê.
 

Beatrice:oi, Manu.-sorriu.

Manu:meu pai tá em reunião?

Antes que Beatrice pudesse responder, Zac saiu da sala do Corbin.

Manu:dad.-disse pulando no colo dele.

Zac:oi, filhota.-sorriu.-Vamos almoçar?

Manu:yes. Qual é o restaurante da vez?-perguntou divertida.

Corbin:como assim restaurante da vez?

Zac:como diz a Manu, até o fim dessa experiência nós já vamos ter comido em todos os lugares que se vende comida da cidade.

Manu:kkk...cada dia nós vamos em um lugar diferente.-sorriu.-Mas aonde nós vamos hoje?

Zac:você escolhe.

Manu:shopping.-falou animada.

Zac:já vi que me ferrei.-sorriu.

Manu:vamos logo, papai.-disse descendo do colo dele.

Zac:vou só pegar minha carteira e a chave do carro.

Enquanto Zac buscava suas coisas, Manu conversava com o Corbin.

Manu:como que tá a tia Moni e o Gui?

Corbin:estão ótimos.-sorriu.

Manu:a mamãe me falou que a tia Moni ia formar agora, né?

Corbin:isso mesmo. Depois ela vai ir trabalhar no jornal da cidade.-falou orgulhoso.

Manu:fico feliz por ela.-sorriu.-Que demora, hein pai?

Zac:recebi uma ligação da sua mãe.

Manu:que que ela falou?

Zac:falou para a gente ir almoçar lá.

Manu:adoroo. Tomara que a Cati tenha feito lasanha.

Zac:vamos nessa, né?

Manu:vamos.-sorriu.-Xau, tio Corbin.

Corbin:xau, Manu.

Zac e Manu saíram da empresa e foram para a casa deles. Assim que chegaram foram recebidos por Anny e Vanessa.

Zac/Manu:oiii.

Van:oie.

Anny:papa.-balbuciava e esticava os braçinhos para ele.

Zac:oi, florzinha.-disse pegando a filha no colo.

Anny sorria para ele.

Van:entrem.-disse depois de abraçar Manu.

Manu:o que a Cati fez de almoço?

Van:ela fez lasanha.-sorriu.

Zac/Manu:adoroo.

Eles foram para a cozinha e assim que entraram viram Cati e Phelipe arrumando a mesa.

Phe:oi, pai.-fez toque de mão.-Oi, Manu.-abraçou a irmã.

Zac/Manu:oi, Phe.-sorriram.-Oi, Caty.

Caty:oi, queridos.-disse abraçando os dois.

O almoço foi servido e como sempre Zac e Manu literalmente atacaram a comida.

Zac:tá uma delícia, Cati.-disse no segundo pedaço de lasanha.

Caty:obrigada.

O clima foi super descontraído, fazia tempo que eles não tinham um almoço em família daquele jeito. Depois do almoço Zac falou que tinha que voltar para a empresa.

Zac:tenho que ir. Tenho uma reunião agora ás 14 hs.

Van:que tal nós irmos fazer umas comprinhas com as meninas, filha?

Manu:adoroo.-sorriu.-Tudo bem pra você, pai?

Zac:claro, filha. Passo aqui para te pegar mais tarde, tá?

Manu:tá bom.-disse abraçando ele.

Zac deu um pouco de dinheiro para ela e depois de se despedir de todos ele foi para a empresa.

Zac:boa tarde, Beatrice.-falou sorrindo.

Beatrice:boa tarde, Sr. Efron.-feliz por ver o patrão contente.

Zac:me chama na hora da reunião, tá?

Beatrice:pode deixar.

Como era mês de Junho e logo as crianças entrariam de férias, Zac estava planejando uma surpresa para os filhos e para a esposa.

Zac:eu queria confirmar as minhas reservas.

Xxx:está em nome de quem?

Zac: Zac Efron.

Xxx:ok. Já está confirmado.

Zac:obrigado.

Xxx:eu que agradeço.

***Fim da ligação***

Toc,toc...

Zac:pode entrar.

Beatrice:a reunião começa em 5 minutos.

Zac:ok.-disse levantando.-Vamos lá.

Zac foi para a reunião, enquanto isso Vanessa e Manu iam as compras.

Manu:a tia Ash vai também?

Van:todas elas vão.-sorriu.

Manu:adoroo.

As duas chegaram no shopping e encontraram a Demi, e depois as outras foram chegando.

Manu:como sempre a tia Ash é a última a chegar.

Demi:isso é verdade.

Alguns minutos depois.

Ash:cheguei.
 

Moni:que demora, hein?

Ash:culpa desse carrinho, sempre me enrolo para montar e desmontar ele.

My:kkkk...mas vamos começar nossas compras?

Todas - My:vamos.

Elas começaram pela Prada e depois foram entrando em todas as lojas do shopping. Vanessa e Manu foram em uma loja de brinquedos.

Van:qual você quer, filha?

Manu:que tal essa?-sorriu.-Ahh...amei aquela ali também.

Van:kkk...leva as duas então.

Manu:já que você tá insistindo tanto.-sorriu.

As duas foram para o caixa e depois de pagarem, foram para a praça de alimentação onde as meninas estavam.

Van/Manu:chegamos.-disseram sentando.

Van:você quer alguma coisa, filha?

Manu:quero um sorvete.

Van:tudo bem.

Elas fizeram os pedidos e ficaram conversando, quando os pedidos chegaram Demi atacou.

Ash:eu hein!Isso tudo é fome?-sorriu.

Demi:com certeza.-sorriu.-Como dizia a Vanessa, "agora eu como por dois".

Van:mentira?!

Demi só confirmou com a cabeça.

Ash/My:AAAAAAAAA...-todo mundo olhou para elas.-Parabéns.

Demi:obrigada.-sorriu.

Van:parabéns.-disse abraçando ela.

Manu:oba, vou ganhar mais um priminho ou priminha.

Moni:parabéns, Demi.-sorriu.-Mas como o Sterling reagiu?

Demi:kkk...ele pirou. Começou a pular e depois me pegou no colo e me rodopiou. Ri demais da cara dele.

Van:kkk...imagino. Ele já falou para o Zac?

Demi:ainda não. Ele me disse que ia lá na empresa hoje falar para o Zac e para o David.

Van:atá. Porque se o Zac soubesse e não tivesse me contado eu ia matar ele.

Manu:tadinho do meu dad.-sorriu.

Elas passaram a tarde toda fazendo compras, Zac estava na empresa conversando com Beatrice quando seu irmão chega.

Zac:Sterling.-disse fazendo toque de mão.

Sterling:oi, Zac.-sorriu.-O pai tá aqui?

Zac:tá sim.

Sterling:preciso falar com vocês dois.-sorriu.

Zac:vamos na sala dele então. E a Demi como está?

Sterling:ela tá ótima.

Toc, toc...

David:pode entrar.

Sterling:oi, pai.

David:oi, filho.-sorriu.-Marcamos uma reunião em família e eu não fiquei sabendo?-brincou.

Sterling:tenho uma notícia para dar a vocês.

Zac:fala logo, eu já tô curioso.

Sterling:adivinha quem vai ser papai?

Zac:mentira?-sorriu.-Parabéns.-disse abraçando o irmão.

David:parabéns, filho.-abraçou ele também.

Sterling:obrigado.

David:sua mãe vai pirar. Mas um netinho ou netinha.

Sterling:ela já pirou, falei com ela antes de vir aqui.

Zac:de quantos meses a Demi tá?

Sterling:1 mês e 5 dias.

David:nossa. Temos que comemorar, jantar amanhã lá em casa.

Sterling/Zac:ok.

Quando deu seis da tarde Zac saiu da empresa e foi buscar Manuella.

Zac:oi, filha.

Manu:oi, dad.-sorriu.-Vou ir pegar minhas coisas e já venho.

Zac:ok.

Vanessa desceu as escadas e viu Zac na sala junto com Phelipe.

Van:oi.

Zac:oi.-sorriu.-Como foi a tarde com as garotas?

Van:cheia de surpresas.-sorriu.-A Demi tá grávida.

Zac:o Sterling foi lá na empresa hoje falar para mim e para o meu pai.-sorriu.-Fico feliz por eles, e para comemorar meu pai marcou um jantar amanhã na casa dele.

Van:que bom.-sentou no sofá.

Zac:você vai, né?

Van:não sei.-respondeu triste.

Zac:claro que você vai. A Demi vai ficar feliz e eu também se você for. Ainda somos uma família, né?

Van:claro.-sorriu.

Manu:vamos, pai.

Zac:vamos.-levantou do sofá.-Passo aqui amanhã ás 20 hs, ok?

Van:tudo bem.-sorriu.

Zac e Manu foram para o apartamento e depois do jantar foram dormir. No outro dia Zac levou Manu no colégio e foi para a empresa. Manuella chegou na empresa toda contente.

Zac:que alegria toda é essa?-perguntou sorrindo.

Manu:eu tô de férias.-pulava e batia palminhas ao mesmo tempo.

Zac:kkk...você tá passando muito tempo com a Ashley.

Manu:kkk...que nada.

O dia passou super rápido e quando viram já estava na hora do jantar.

Zac:tá pronta, filha?

Manu:tô sim.-sorriu.-Como estou?
 

 
Zac:tá linda.

Manu:obrigada. Mas agora é melhor nós irmos, porque a mamãe deve estar esperando.

Os dois saíram do apartamento e foram buscar Vanessa, Anny e Phelipe.

Van/Phe:boa noite.

Manu/Zac:boa noite.

Zac:você tá linda.

Van:obrigada.-sorriu.-Você também.


Zac pegou Anny e colocou na cadeirinha e depois foram em direção a casa de David.

Van/Zac/Manu/Phe:boa noite.

Todos:boa noite.

Starlla:minha princesinha.-disse pegando Anny no colo.

Manu:fiquei para escanteio.-fez biquinho.

David:claro que não. Agora você é nossa princesa.-sorriu.-E o Phe é o príncipe.

Phe:nossa. Eu não podia ser o guerreiro ou coisa do tipo, não?

Todos:kkkk...

Mnau:se você quiser ser a fera fique a vontade.

Phe:chata.

Zac:chega, né?-disse cortando por que sabia que ia dar confusão.

Van:oi, Demi.-abraçou a amiga.-Oi, Sterling.
 

Demi/Sterling:oi Vane.

O jantar foi super tranquilo, a família Efron estava reunida novamente para comemorar a entrada de mais um membro para a família.

Vanessa e Zac estavam começando a enchergar aonde estavam errando, e com pequenos gestos iam se reconquistando novamente.

9 comentários para o próximo.

Obrigada a Evelly, a Margarida, a Margarida Oliveira, a Lary, ao anônimo, a Tati, a Thainá, a Zanessa e ao anônimo. Muito obrigada por estarem acompanhando a fic. Bjos e amo vocês.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Capítulo 33 - Dando um tempo!

Oi amorês!Dessa vez voltei muitooo mais rápido!Mas também eu já tinha o capítulo pronto, então as coisas foram mais facéis. Comentem bastante. Bjos e amo vocês.

                                                    Nova residência

Manu:por que vocês estão com essas caras?-temeu a resposta.


Van:nós precisamos falar sério com vocês.

Phe:que que tá acontecendo?

Zac:acho melhor sentarmos.-disse indicando o sofá.

Zac e Vanessa sentaram um ao lado de cada filho. Enquanto isso Annalynne dormia em seu berçinho.

Van:antes de começarmos eu queria deixar claro que nós amamos muito vocês, e se estamos fazendo isso é porque não queremos vê-los sofrendo.

Zac:nós amamos vocês acima de tudo. Nunca se esqueçam disso.-falou segurando a mão da filha.

Manu:falem logo o que tá acontecendo.-disse com os olhos cheios de lágrimas.

Van:eu e o seu pai decidimos dar um tempo no nosso casamento.-falou com a voz embargada.

Phe:vocês vão se separar?-perguntou assustado.

Zac:claro que não, filho. Nós vamos passar algum tempo longe um do outro, para que possamos pensar um pouco e reavaliar aonde estamos errando.

Manu:vocês não percebem?A separação começa assim, e logo depois vocês estão pedindo o divórcio.-disse já chorando.


Vanessa não estava aguentando ver os filhos chorando, seu coração estava em frangalhos.

Phe:por que vocês estão fazendo isso?-perguntou chorando.

Zac:vocês tem visto que eu e a mãe de vocês andamos brigando muito e quase não nos falamos mais? Essas discussões estão afetando nosso casamento e nós sabemos que vocês não gostam de ver nós dois brigando.

Van:por isso nós achamos melhor dar esse tempo para nós. Isso vai ser bom para nós dois, assim a gente pode reavaliar nossas ações e poderemos tentar de novo depois.-disse tentando traquilizar os filhos.

Manu:vocês vão destruir a nossa família.-disse e depois subiu as escadas correndo.

Vanessa desatou a chorar e foi logo aparada por Zac e por Phelipe.

Phe:eu sei que as coisas entre vocês vão se ajeitar. É só uma questão de tempo.-disse abraçando a mãe.

Vanessa ficou ainda mais emocionada com as palavras do filho, Zac ficou feliz com o que o filho havia dito.

Zac:eu vou ir falar com a Manu.-disse dando um beijo na testa de Vanessa.-Cuida da sua mãe.-falou para Phelipe.

Zac subiu as escadas e foi até o quarto da filha. Assim que abriu a porta viu a filha deitada de bruço na cama e o rosto enfiado em um travesseiro.

Zac:filha.-disse sentando ao lado dela na cama.

Manu continuou chorando.

Zac:eu sei que não tá sendo fácil para você e nem para o seu irmão, mas não pense que tá sendo fácil para mim e para sua mãe também.-disse fazendo carinho no cabelo de Manu.

Manuella virou o rosto para fitar o pai e viu que ele estava sendo sincero.

Manu:eu não quero que vocês se separem.

Zac:nós não estamos nos separando, filha. Só estamos dando um tempo a sós para cada um.

Manu:você vai embora daqui?-perguntou chorando.

Zac:eu vou alugar um apartamento por enquanto, depois quem sabe eu não volto?-sorriu.

Manu:eu quero ir com você.-disse convicta.

Zac:filha, é só um tempo. Você não precisa sair de casa. E você tem que ajudar a sua mãe e o Phe.

Manu:o Phe, cuida da mamãe e da Anny, e eu cuido de você.-disse limpando as lágrimas de Zac.

Os dois se abraçaram e ficaram assim por um tempo, e depois desceram com Anny para a sala. Vanessa pegou a filha no colo assim que Zac desceu com ela.

Van:minha pequena.-disse acariciando o rostinho de Anny.-Ainda bem que você não entende as coisas ainda.

Os cinco ficaram na sala desfrutando dos últimos momentos juntos. Vanessa e Zac já dormiram em quartos separados no mesmo dia em que resolveram dar um tempo.

No outro dia Zac levantou, foi até o quarto onde Vanessa dormia, pegou seu terno e depois foi tomar um banho. Zac tomou café com as crianças e aproveitou para deixá-los nos colégios.

Vanessa acordou, tomou um banho e depois de arrumar Anny desceu.

Van:bom dia, Cati.-disse um pouco abatida por causa da noite passada.

Cati:bom dia. Você parece tão abatida.-disse preocupada.-Você tá bem?

Van:tô tentando na medida do possível.-forçou um sorriso.-Eu vou na casa da Ash, tá?

Cati:mas, você não vai comer nada?

Van:tô sem fome, qualquer coisa como na casa da Ash.

Cati:tudo bem então.-sorriu.

Vanessa colocou Anny no bebê conforto e depois de arrumá-la no banco de trás do carro, foi em direção a casa da Ashley.

Vanessa foi abordada por alguns paparazzi de plantão, mas logo entrou na casa da amiga. Ashley viu que a amiga não estava bem, assim que Vanessa entrou em sua casa.

Ashley abriu os braços acolhendo Vanessa em um abraço reconfortante.


Van:foi tão difícil, Ash.-disse chorando.-Ver as crianças chorando foi a mesma coisa de levar facadas no meu peito.

Ash:nós sabiamos que ia ser difícil,V.-dizia fazendo cafuné nos cabelos de Vanessa que estava deitada na cama da amiga com a cabeça no seu colo.

Van:eu só tô fazendo isso porque eu amo demais o Zac, e sei que se ficassemos daquele jeito, nós acabariamos nos odiando. Espero que esse tempo seja rápido.

Ash:vocês se amam tanto, amiga.-dizia ainda fazendo cafuné em Vanessa.-Eu me lembro até hoje do dia em que você e o Zac se conheceram. Vocês dois ficaram se olhando feito dois bobões.-riu lembrando da cena.

Van:foi amor a primeira vista.-sorriu lembrando da cena-Lembro também que foi a senhorita que quebrou o clima.-sorriu sentando na cama.

Ash:kkk...eu vi que tinha rolado um clima, mas vocês estavam parecendo duas estátuas olhando um para o outro. Tive que interceder por vocês.-sorriu.

Van:kkk...só você para me fazer rir numa hora dessas.

Ash:eu sou demais.-sorriu.-E me lembro também que foi minha boca grande que fez vocês dois começarem a namorar.

Van:isso é verdade.-sorriu.-Fiquei morrendo de vergonha aquele dia.

As duas continuaram relembrando os velhos tempos. Enquanto isso Zac e Corbin conversavam na empresa.

Corbin:então quer dizer que vocês vão mesmo dar um tempo?-perguntou ainda sem acreditar.

Zac:vamos. E eu já começei a olhar alguns apartamentos. É como a Vanessa disse, se nós continuassemos juntos, nós acabariamos nos odiando. E eu a amo demais para deixar isso acontecer.

Corbin:vocês que estão vivendo é que sabem o que está acontecendo de verdade, e eu como seu amigo não posso fazer outra coisa a não ser te apoiar.-disse e depois se abraçaram.

Zac:valeu, cara.-sorriu.-A Manu disse que quer ficar comigo, ela disse que vai cuidar de mim.-sorriu ao lembrar das palavras da filha.


Corbin:a Manu sempre foi meiga, e todos nós sabemos que ela te adora.

Zac:pois é. Eu já falei com a Vanessa e ela disse que por ela tá tudo bem, porque se formos contestar a Manu as coisas vão ser mais difíceis para ela.

Corbin:a Vanessa tem razão. A Manu acha que vai ser útil para que você e a Vanessa voltem logo.

Zac:você tá certo.

Alguns dias se passaram, Zac havia encontrado um apartamento de dois quartos todo mobiliado. Então depois do acordo fechado, Zac e Manu estavam se mudando para lá.

Manu:xau, mãe.-abraçou Vanessa e deu um beijo na testa de Anny.

Zac:xau, filho.-disse abraçando Phe.-Cuida da sua mãe e da sua irmã, Ok?

Phe:pode deixar.

Zac:xau, Nessa.-disse abraçando-a. Vanessa deixou algumas lágrimas correrem por seu rosto.-Xau, filhota.-disse dando um beijo na testa de Anny.

Van:xau, Zac.

Phelipe e Manu se despediram e depois Zac e Manu partiram rumo a sua nova residência.

Zac:o que você achou, filha?-perguntou assim que entraram no apartamento.


Manu:é lindo, pai.-sorriu.

Zac:deixar eu te mostrar o resto.-disse puxando a filha para mostrar os outros cômodos.

Manu:ok.

Zac:aqui é a cozinha.


Manu:eu amei tudo, principalmente meu quarto.-sorriu.

Uma nova fase começava na vida de todos os Hudgens-Efron. Zac e Vanessa precisavam desse tempo e serviria para esclarecer algumas coisas e até mesmo para aproximar mais os filhos um do outro.

Bom, por hoje é só.

10 coments para o próximo.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Capítulo 32 - Separação!?

Oi amorês. Dessa vez fui mais rápida para postar. Como eu já disse eu vou tentar terminar a fic até o final desse mês. Espero que gostem do capítulo. Bjos e amo vocês.

                       Uma tempestade se aproxima

O natal passou com toda a família Hudgens e Efron juntas. O próximo grande evento seria o casamento de Corbin e Monique. Monique juntamente com as amigas, corriam atrás dos últimos detalhes do casamento.

Van:agora só falta o grande dia chegar.-sorriu.

Monique:verdade. Meninas obrigada por terem me ajudado.

Demi/My/Ash:não foi nada.-sorriram.

As meninas se despediram e foram todas para suas casas. Finalmente o grande dia havia chegado, hoje era o dia em que Monique e Corbin oficializariam a sua união. Monique foi para o spa para ter seu dia de noiva, e Demi se disponibilizou a ficar com Gui.

Todas já haviam escolhido seus vestidos e tudo já estava resolvido. Vanessa e Zac eram os padrinhos por parte de Corbin, juntamente com Demi e Sterling. Miley, Liam, Ashley e Scott eram os padrinhos por parte de Monique.

Quando a noite chegou todo mundo se dirigiu para a casa de Conique, afinal, a cerimônia seria realizada no jardim da casa deles. O jardim estava lindo, prova de que todo o esforço das meninas e Monique tinha valido a pena.
 

Vanessa, Zac, Demi, Sterling, My, Liam, Ash e Scott já estavam no altar junto com Corbin a espera de Monique.


Assim que a marcha nupcial começou a tocar, todos os olhares se voltaram para Monique. Ela estava linda e já tinha recuperado a boa forma depois do nascimento do filho. Monique e o pai foram caminhando até o altar, e as meninas podiam ver as lágrimas de felicidade rolando pelo rosto da amiga.
 
                                                   (ignorem a mulher e o mar atrás dela)

Ash:ainde bem que nossas maquiagens são a prova d'água.-disse limpando algumas lágrimas.

My:verdade.-disse emocionada.

A cerimônia corria na maior perfeição, até que chega na parte mais importante do casamento.

Padre:você Corbin Blue, aceita Monique Coleman como sua legitíma esposa, prometendo amá-la e respeitá-la, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, pelo resto de sua vida?

Corbin:aceito.-disse olhando nos olhos de Monique enquanto colocava a aliança no dedo dela.

Padre:você Monique Coleman, aceita Corbin Blue como seu legitímo esposo, prometendo amá-lo e respeitá-lo, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, pelo resto de sua vida?

Monique:aceito.-disse sorrindo enquanto colocava a aliança no dedo dele.

Padre:então eu vos declaro marido e mulher. Pode beijar a noiva.

Corbin e Monique se beijaram. Foi um beijo calmo e apaixonado que simbolizava o início de uma nova fase na vida dos dois. Depois que se separaram foram abordados pelos amigos e convidados lhes desejando saúde e felicidades.

Van:parabéns, gente.-disse emocionada.-Que vocês sejam muito felizes.

Conique:obrigada(o) Van.

Zac:faço das palavras da Nessa, as minhas.-sorriu-Vocês merecem toda a felicidade do mundo.

Monique:obrigada.

Corbin:valeu, cara.-disse iniciando um daqueles abraços de homem cheios de tapas.

Depois de todas as parabenizações, todos se sentaram e o jantar foi logo servido. Fizeram tudo que é de direito em um casamento. Dançaram a valsa, cortaram o bolo, Monique jogou o buquê que foi pego por Miley.

Sterling:é Liam. Você é o próximo.-sorriu.

Liam:kkkk...pois é!Sou o próximo a subir no altar.

My:acho bom mesmo. Rum.-disse fazendo uma cara brava para ele.

Os noivos saíram a francesa e logo mais tarde os amigos foram embora para suas casas.

Dois meses se passaram, eles estavam no mês de fevereiro. Um mês especial, pois era o mês em que Manuella e Phelipe faziam aniversário. Como nos anos anteriores quem escolheu o tema da festa foram as crianças. O tema escolhido por eles esse ano foi carnaval.

As crianças e os coleguinhas tinham que estar fantasiados. Vanessa e Zac não pouparam gastos com a festa, e os avós não pouparam gastos com os presentes. A festa das crianças foi um sucesso, os 9 anos de vida foram muito bem comemorados.

Vanessa e Zac não andavam muito bem. Os dois viviam ocupados. Zac com a empresa e Vanessa com gravações, ensaios fotográficos e também com o ateliê que ela e Ashley estavam montando. Já fazia alguns meses que os dois brigavam por motivos banais. O único mês que passou mais tranquilo foi o mês de maio, mês de aniversário de casamento dos dois.

Zac:eu não tô aguentando mais.

Corbin:mas, vocês dois já tentaram conversar?

Zac:como se nós conseguissemos. Toda vez que nós estamos juntos a única coisa que sai é faísca e patada.

Corbin:nossa!Tá complicada a situação.

Zac:complicada é pouco.-disse sério.-Tô pensando seriamente em dá um tempo.

Vanessa estava do outro lado da cidade, mas precisamente no ateliê junto com Ashley.

Van:é sério Ashley, não sei mais o que fazer.

Ash:você já conversou com ele?

Van:toda vez que estamos juntos, a única coisa que sai é briga atrás de briga.

Ash:nossa!Vane, não sei nem o que dizer.

Van:acho que a melhor solução para nós dois nesse momento é darmos um tempo.

Ash:você tem certeza disso?

Van:acho que sim.-disse com os olhos cheios de lágrimas.

Zac resolveu sair da empresa mais cedo. Todo mundo da empresa, inclusive os amigos já tinham percebido que Zac não era mais o mesmo. Assim que chegou em casa ligou para Vanessa.

***Inicio da ligação***

Zac:Vanessa?!

Van:oi Zac.

Zac:tem como você vir aqui para casa mais cedo?Acho que precisamos conversar.

Van:também acho. É até bom porque agora as crianças estão na escola.

Zac:tô te esperando aqui. Xau.

Van:Xau.

***Fim da ligação***

Ash:que que foi?

Van:chegou a hora. É agora ou nunca.

Ash:boa sorte.-disse abraçando a amiga.

Van:vou precisar.

Vanessa pegou sua bolsa e foi para casa. Assim que chegou seguiu direto para o quarto.

Van:oi.-disse colocando a bolsa em cima da cama.

Zac:oi.-disse fitando a esposa.-O que tá acontecendo com nós dois?-foi direto ao ponto.

Vanessa olhou fundo nos olhos de Zac.

Van:eu não sei.-sentou ao lado dele.-Juro que não sei.

Zac:quando podemos ter um tempo só para nós dois, a única coisa que fazemos é discutir.

Van:nós não estamos passando quase nenhum tempo um com o outro. E eu sei que as crianças também percebem isso. Esses dias a Manu me perguntou por que nós dois não nos beijavamos mais. Eu fiquei paralisada sem saber o que dizer.

Zac:isso tá fazendo mal para nós dois e as crianças também estão sendo prejudicadas. Acho que se nós não interfirimos agora, depois não vamos aguentar olhar um para o outro. Por isso, acho que a melhor solução nesse momento é darmos um tempo.

Van:concordo com você. Não quero que o amor que sinto por você, se torne um sentimento ruim.-disse chorando.
 

Zac:eu vou para um hotel e depois vejo se arrumo um apartamento para mim.-disse chorando.


Van:você não precisa sair daqui.

Zac:eu acho que vai ser melhor assim.

Van:se você prefere assim. Mas você pode ficar aqui até você arranjar um apartamento.

Zac:tudo bem. É até bom que temos um pouco mais de tempo para falarmos com as crianças.

Vanessa lembrou dos filhos e chorou só por imaginar a dor que os filhos sentiriam ao saber disso. Zac abraçou Vanessa e os dois choraram. Quando foi mais tarde as crianças chegaram do colégio. Era agora que as coisas iriam ficar ruins.

Manu:por que vocês estão com essas caras?-temeu a resposta.


Van:nós precisamos falar sério com vocês.

Phe:que que tá acontecendo?

 
É, parece que a vida na casa dos Hudgens-Efron não é mais um conto de fadas. O que acontecerá agora?

8 comentários para o próximo.